Saltar para:
This page in english Ajuda Autenticar-se
ESTS
Você está em: Início > LTAM08
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Mapa das Instalações
Edifício ESTS Bloco A Edifício ESTS Bloco B Edifício ESTS Bloco C Edifício ESTS Bloco D Edifício ESTS Bloco E Edifício ESTS BlocoF

Microbiologia Ambiental

Código: LTAM08     Sigla: MA

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Controlo e Processos

Ocorrência: 2021/2022 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Sistemas e Informática
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Tecnologias do Ambiente e do Mar

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LTAM 49 Plano de Estudos 2016/17 1 - 6 75 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Carla Maria de Almeida Amorim Carneiro Responsável

Docência - Horas

Ensino Teórico-Prático: 2,00
Ensino Prático e Laboratorial: 3,00
Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico-Prático Totais 1 2,00
Carla Maria de Almeida Amorim Carneiro 2,00
Ensino Prático e Laboratorial Totais 4 12,00
José António Vieira Rodrigues 6,00
Carla Maria de Almeida Amorim Carneiro 6,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Pretende-se que os alunos:
-Avaliem e reconheçam a contribuição da Microbiologia noutras ciências e nas suas aplicações
-Identifiquem as diferentes classes de microrganismos e suas características
-Reconheçam as principais técnicas de inoculação, crescimento e preservação de microrganismos em laboratório bem como os métodos de controlo de crescimento
-Saibam explicar a diversidade de habitats vs necessidades nutricionais e necessidades físicas, bem como as diferentes formas de obtenção e armazenamento de energia
-Reconheçam a intervenção dos microrganismos no reciclo da matéria e sua relevância a nível ambiental
A nível prático:
-Saibam trabalhar em condições de assépsia
-Adquiram destreza na manipulação de culturas bacterianas para sua identificação e isolamento independentemente da proveniência (solo, água, ar ou outra fonte)
- Saibam determinar a concentração microbiana numa amostra desconhecida fazendo uso do método adequado consoante a sua proveniência
-Saibam avaliar a qualidade microbiológica de uma amostra de água (residual e de consumo) e ar enquadrando com a legislação em vigor

Resultados de aprendizagem e competências

A UC tem uma componente laboratorial que permite, de acordo com os objetivos da UC:
-a operacionalização dos conceitos lecionados;
-o desenvolvimento do espírito científico e experimental e da capacidade de organização e análise de informação;
-a aprendizagem de procedimentos e técnicas laboratoriais e analíticas;
-a aquisição de competências de "saber fazer" e trabalho de equipa.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Teórica

1. Introdução
- âmbito de estudo
- história
- aplicações
2. Biosegurança
- introdução aos laboratórios
- no laboratório da EST
3. Técnicas de microscopia
- microscopia óptica vs electrónica
- o microscópio óptico e as várias técnicas
4. Evolução e diversidade microbiana
- ancestral comum e escala evolutiva
- sistemas de classificação
- diversidade microbiana
5. Fungos e Vírus
6. Cultivar em Microbiologia
- técnica de assépsia
- meios de cultura
- manusear culturas
- determinação da [microbiana]
7. Crescimento e controlo do crescimento microbiano
- ciclo de crescimento
- medidas directas e indirectas do crescimento
- agentes físicos e agentes químicos
8. Qualidade microbiológica de uma água

Laboratório

- pesquisa de microrganismos;
- microscopia óptica;
- coloração simples e coloração de Gram;
- técnica em microbiologia;
- determinação da concentração microbiana;
- técnicas de sementeira;
- cultivo de bactérias e fungos;
- factores de controlo de crescimento;
- análise de uma amostra de solo
- análise de uma água residual;
- análise de uma amostra de consumo.

Bibliografia Obrigatória

Wanda, F., Ferreira, C., De Sousa, J.C.F.; Microbiologia, 1ª Edição, LIDEL, Edições Técnicas (Mediateca), 1998
Atlas, R.M.; Principles of Microbiology 2nd Ed, WBC, Wm. C. Brown Publishers (Mediateca), 1997

Bibliografia Complementar

McKane, L., Kandel, J.; Microbiology – essentials and applications, 2nd Ed., Mc-Grall Hill, 1996
Madigan, M.T., Martinko, J.M., Parker, J.; Biology of microorganisms, 10 th Ed., Prentice Hall , 2000

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

A UC aborda conceitos gerais de Microbiologia e especificos na área de formação Ambiental sendo estes evidenciados e treinados na realização de trabalhos laboratoriais com amostras reais.

Nas aulas é adotado o método expositivo participado, sendo privilegiada a formação interativa mesmo na introdução de conceitos teóricos. Procura-se levar os alunos a tirar conclusões, orientando-os nesse processo.
A UC tem uma componente laboratorial, pretendendo-se ilustrar na prática os conceitos teóricos transmitidos. Nas aulas laboratoriais, os alunos executam trabalhos experimentais de acordo com protocolos fornecidos, elaborando posteriormente o respetivo questionário ou relatório. Nestas aulas é posto em prática o método experimental e colaborativo (trabalho de grupo).

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Teste 70,00
Trabalho laboratorial 30,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Apresentação/discussão de um trabalho científico 15,00
Trabalho escrito 70,00
Trabalho laboratorial 15,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

- Teste global (mínimo 9,5 val.)
ou 
- Exame (mínimo 9,5 val.)

-Seminário (sem nota mínima) - apresentação de um tema, com base num artigo cientifico, à escolha de entre os temas fornecido

-Laboratórios (sem nota mínima)
Preparação do trabalho, coordenação do grupo, resultados obtidos e sua interpretação (questionário). Exame laboratorial individual

Fórmula de cálculo da classificação final

Nota final = 0,7*Teste/Exame + 0,30*(laboratório + seminário/2)

Provas e trabalhos especiais

Os alunos só podem faltar a um laboratório. Caso faltem a mais do que um laboratório não poderão realizar a avaliação continua.

Todos os alunos podem recuperar um trabalho de laboratório, desde que apresentem justificação da falta

Os alunos Trabalhadores-Estudantes (com estatuto comprovado) realizarão no exame final, um grupo específico concretamente relacionado com a componente laboratorial da UC.

O Professor reserva-se no direito de convocar uma oral sempre que considere necessário
Os alunos com classificação ≥ 17 valores serão sujeitos a uma oral

Avaliação especial (TE, DA, ...)

Os alunos Trabalhadores-Estudantes (com estatuto TE reconhecido) que não frequentarem as aulas laboratoriais (ou faltarem a mais do que 1 trabalho laboratorial), realizarão obrigatoriamente no exame final, um grupo específico concretamente relacionado com a componente laboratorial da UC. A aprovação à UC implica classificação positiva neste grupo específico (independentemente da classificação obtida nos restantes grupos do exame). Este grupo terá um peso de 30% na cotação global do exame.

Os alunos TE que optem por realizar avaliação contínua (testes) e que não frequentem as aulas laboratoriais (ou faltem a mais do que 1 trabalho laboratorial), deverão igualmente efetuar este grupo específico sobre a componente laboratorial da UC, na data de exame de Época Normal. A aprovação à UC implica classificação positiva neste grupo específico (independentemente da classificação obtida nos testes). Este grupo terá um peso de 30% na cotação global do exame.

Melhoria de classificação

A melhoria de classificação só poderá ser efectuada na época de Recurso
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2023 © Instituto Politécnico de Setúbal - Escola Superior de Tecnologia de Setúbal  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z
Página gerada em: 2023-02-08 às 14:07:51