Saltar para:
This page in english Ajuda Autenticar-se
ESTS
Você está em: Início > LTE12111
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Mapa das Instalações
Edifício ESTS Bloco A Edifício ESTS Bloco B Edifício ESTS Bloco C Edifício ESTS Bloco D Edifício ESTS Bloco E Edifício ESTS BlocoF

Eletrotecnia Aplicada

Código: LTE12111     Sigla: EA

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Eletrotecnia e Sistemas de Potência

Ocorrência: 2021/2022 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Eletrotécnica
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Tecnologias de Energia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LTE 56 Plano de Estudos 1 - 6 75 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Victor Manuel de Carvalho Fernão Pires Responsável

Docência - Horas

Ensino Teórico-Prático: 3,00
Ensino Prático e Laboratorial: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico-Prático Totais 1 3,00
Victor Manuel de Carvalho Fernão Pires 3,00
Ensino Prático e Laboratorial Totais 4 8,00
José Luís Estrelo Gomes de Sousa 4,00
Carlos Eduardo Vieira 4,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

A Unidade Curricular Eletrotecnia Aplicada propõe-se fornecer aos estudantes uma base de competências sólida, rigorosa e coerente, cientificamente fundamentada, ciência base da engenharia eletrotécnica, desenvolvendo-lhes o espírito crítico e criativo. Permite dar uma formação em análise de circuitos elétricos lineares, tanto em corrente contínua como em corrente alternada, monofásica e trifásica. As competência adquiridas revelam-se fundamentais para a compreensão das unidades curriculares subsequentes da área da engenharia eletrotécnica.
O ensino teórico-prático é complementado com a realização de trabalhos laboratoriais.

Resultados de aprendizagem e competências

Adquirir noções de eletróstática
Descrever e explicar os conceitos, características e propriedades das grandezas elétricas fundamentais, bem como dos dispositivos passivos e ativos em modelos de circuitos elétricos.
Saber técnicas de análise de circuitos elétricos, teoremas e leis fundamentais.
Equacionar e resolver circuitos elétricos em corrente contínua, utilizando diferentes metodologias.
Equacionar e resolver circuitos elétricos resistivos em corrente alternada, utilizando diferentes metodologias.
Adquirir noções de eletromagnetismo
Saber técnicas de análise de circuitos elétricos de corrente alternada monofásicos e trifásicos

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Introdução: enquadramento, objetivos e aplicações ao curso.
Noções Fundamentais de Eletrostática: Carga elétrica; Força eletrostática; Lei de Coulomb. Campo Elétrico; Potencial Elétrico; Tensão Elétrica. Condensadores e dielétricos. Aplicações.
Circuitos em corrente contínua: Corrente elétrica; resistência elétrica; Lei de Ohm; associação de resistências; fontes de energia elétrica. Análise de circuitos elétricos resistivos em CC: Leis de Kirchhoff; Divisores de tensão e de corrente; análise de malhas. Aplicações.
Noções fundamentais de Eletromagnetismo: Força magnética. Campo de indução magnética. Leis fundamentais do eletromagnetismo. Aplicações
Circuitos em corrente alternada: Noções fundamentais: grandezas alternadas sinusoidais; valores médio e eficaz; representação complexa. Análise de circuitos monofásicos em regime permanente; Potências Ativa, Reativa e Aparente; fator de potência. Compensação de fator de potência. Sistemas trifásicos. Aplicações.

Bibliografia Obrigatória

Victor Pires; Documentação de apoio à Unidade Curricular (disponível no moodle)
N. Martins; Introdução à Teoria da Electricidade e do Magnetismo

Bibliografia Complementar

J. Dias Pereira; Manual de Problemas de Circuitos Eléctricos
K. santos; Análise de Circuitos Eléctricos
Sushil Mendirata; Introdução ao Electromagnetismo

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem


Nas aulas Teórico-Práticas haverá uma parte expositiva onde são apresentados os conceitos fundamentais das      diferentes matérias, seguida da resolução de exercícios que facilitam a compreensão dos conceitos e a sua aplicação.


Os estudantes são incentivados a participar na resolução dos exercícios.


Nas aulas Práticas-Laboratoriais é seguido um método participativo. Os estudantes em grupo realizam, sob a supervisão do docente, trabalhos práticos com guias específicos e apresentam relatório do trabalho realizado.



 

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Teste 65,00
Trabalho laboratorial 35,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 87,00
Frequência das aulas 75,00
Total: 162,00

Obtenção de frequência

A frequência nesta UC implica a participação em mais 75% das aulas de laboratório.

Fórmula de cálculo da classificação final

A avaliação da componente TP é feita através de quatro testes ou por  um exame (NT).                                                      

A avaliação da componente laboratorial (NL) é constituída pela realização de 10 trabalhos laboratoriais e de duas provas práticas.

A nota dos testes ou exame (NT), será igual ou superior a 10 valores, tendo um peso de 65% na nota final.

A nota dos laboratórios (NL) é calculada entre os trabalhos realizados e as provas práticas laboratoriais e terá que ser igual ou superior a 10 valores, com um peso de 35% na nota final.

A nota final (NF) é dada por: NF=0,65*NE+0,35*NL e tem que ser maior ou igual a 10 valores.

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Instituto Politécnico de Setúbal - Escola Superior de Tecnologia de Setúbal  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z
Página gerada em: 2024-04-23 às 14:17:10