Saltar para:
This page in english Ajuda Autenticar-se
ESTS
Você está em: Início > LTE31125
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Mapa das Instalações
Edifício ESTS Bloco A Edifício ESTS Bloco B Edifício ESTS Bloco C Edifício ESTS Bloco D Edifício ESTS Bloco E Edifício ESTS BlocoF

Eletrónica de Potência

Código: LTE31125     Sigla: EP

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
OFICIAL Eletrotecnia e Sistemas de Potência

Ocorrência: 2021/2022 - 1S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Engenharia Eletrotécnica
Curso/CE Responsável: Licenciatura em Tecnologias de Energia

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
LTE 18 Plano de Estudos 3 - 6 75 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Victor Manuel de Carvalho Fernão Pires Responsável

Docência - Horas

Ensino Teórico-Prático: 3,00
Ensino Prático e Laboratorial: 2,00
Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico-Prático Totais 1 3,00
Victor Manuel de Carvalho Fernão Pires 3,00
Ensino Prático e Laboratorial Totais 1 2,00
Carlos Eduardo Vieira 2,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Estudo do funcionamento dos diferentes tipos de conversores electrónicos de potência. Estudo dos efeitos sobre a rede de energia eléctrica (e cargas) do funcionamento dos conversores electrónicos de potência. Potências activa, reactiva e deformante em redes de energia eléctrica sujeitas a correntes alternadas não sinusoidais.

Resultados de aprendizagem e competências

No final da Unidade Curricular o estudante deve ser capaz de: 
1. Ter uma visão geral acerca da importância desta matéria no âmbito de um contexto profissional.
2. Identificar os diversos semicondutores de potência e ter conhecimento das suas diversas caraterísticas.. 
3. Identificar os diversos tipos de conversores eletrónicos de potência, e suas aplicações práticas.
4. Saber quais os efeitos de alguns destes conversores sobre a rede elétrica 
5. Perceber o funcionamento de conversores eletrónicos de potência que permitam mefetuar conversões do tipo CA/CC, CA/CA, CC/CC e CA/CA.

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Introdução à Electrónica de Potência
 -Enquadramento; necessidade; exemplos de aplicação

Dispositivos Electrónicos de Potência 
 -O Díodo
 -O Tiristor
 -O Transistor de Junção Bipolar
 -O Tiristor de Corte Comandado
 -O Transistor de Efeito de Campo de Porta Isolada
 -O Transistor Bipolar de Porta Isolada
 -Comparação das Características dos Dispositivos

Conversores CA/CC 
 -Análise de diversas topologias: comandados; semi-comandados; não comandados; em ponte; com retorno pelo neutro; monofásicos; trifásicos
 -Trânsito de Potências
 -Aplicações

Conversores CA/CA 
 -Cicloconversores: Topologia e princípio de funcionamento
 -Contactores estáticos
  >Funcionamento como interruptor
  >Funcionamento com controlo de fase
 -Aplicações

Conversores CC/CC
 -Análise de diversas topologias: um quadrante, dois quadrantes e quatro quadrantes
 -Aplicações

Conversores CC/CA
 -Onduladores de Tensão
  >Topologia monofásica e trifásica
  >Trânsito de potência
 -Onduladores de Corrente
 -Aplicações

Bibliografia Obrigatória

Victor Pires; Documentação de apoio à Unidade Curricular (disponível no moodle)

Bibliografia Complementar

M.H.Rashid ; Power Electronics Circuits, Devices and Applications , Prentice Hall
Ned Mohan; Tore Undeland; William Robbins;; Power Electronics: Converters, Applications and Design, John Wiley & Sons
Daniel W. Hart ; Introduction to Power Electronics, Prentice Hall

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Metodologia de Ensino:

a) Aulas Teóricas: Método de exposição e de demonstração interactivo
b) Aulas Práticas: Resolução de problemas com interesse relevante
c) Aulas Laboratoriais: Método experimental aplicado ao desenvolvimento de circuitos e sistemas com base nos conhecimentos adquiridos nas aulas teóricas e práticas.

 

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída sem exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Teste 65,00
Trabalho laboratorial 35,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 54,00
Frequência das aulas 46,00
Total: 100,00

Obtenção de frequência

Obtenção de Frequência:

Realização dos trabalhos laboratoriais (L)

A nota de laboratório é atribuída com base na análise e discussão dos relatórios realizados bem como no desempenho demonstrado por cada aluno nas aulas de laboratório. .

Nota mínima desta componente: 9,5 valores

Realização de testes (T).

Realizam-se quatro testes.
Nota mínima na média dos testes: 9,5 valores


 

Fórmula de cálculo da classificação final

Condições de aprovação:

Nota Final = 0.65 * T + 0.35 * L

Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Instituto Politécnico de Setúbal - Escola Superior de Tecnologia de Setúbal  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z
Página gerada em: 2024-04-23 às 15:17:19