Saltar para:
This page in english Ajuda Autenticar-se
ESTS
Você está em: Início > PA09
Autenticação




Esqueceu-se da senha?

Mapa das Instalações
Edifício ESTS Bloco A Edifício ESTS Bloco B Edifício ESTS Bloco C Edifício ESTS Bloco D Edifício ESTS Bloco E Edifício ESTS BlocoF

Automação e Controlo

Código: PA09     Sigla: AC

Áreas Científicas
Classificação Área Científica
CNAEF Eletrónica e automação

Ocorrência: 2023/2024 - 2S

Ativa? Sim
Unidade Responsável: Departamento de Sistemas e Informática
Curso/CE Responsável: Curso Técnico Superior Profissional em Produção Aeronáutica

Ciclos de Estudo/Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Anos Curriculares Créditos UCN Créditos ECTS Horas de Contacto Horas Totais
GAIR 1 Plano de Estudos 2016_17 1 - 6 60 162
TSPPA 28 Plano de Estudos 2015_16 1 - 6 60 162

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Sérgio Fernando Pereira Delgado de Sousa Responsável

Docência - Horas

Ensino Teórico-Prático: 4,00
Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico-Prático Totais 2 8,00
Fernando José Ramos Costeira 2,00
Sérgio Fernando Pereira Delgado de Sousa 2,00

Língua de trabalho

Português

Objetivos

Saber projetar, instalar  e realizar manutenções em sistemas automáticos de produção.
Conhecer e saber utilizar as tecnologias mais comuns em automação, robótica e controlo automático.
Ter competências nas bases da programação de Autómatos e Robôs Manipuladores

Resultados de aprendizagem e competências

No final da UC os alunos devem conhecer a constituição de um Sistema Automático, na sua estrutura e funcionamento e as diferentes tecnologias utilizadas nomeadamente as pneumáticas e elétricas e os interfaces entre os Autómatos e os Processos. Devem saber utilizar as metodologias de projeto de sistemas sequenciais e descreverem o funcionamento por meio de uma linguagem gráfica - GRAFCET.

O formando deverá conhecer a constituição de um Autómato Programável e a sua aplicabilidade no controlo de um sistema de Produção relacionado com a Aeronáutica

Os alunos deverão conhecer os diferentes tipos de robôs manipuladores. No final da UC deverão ter adquirido competências na programação do robô e do autómato em diferentes tipos de tarefas e saber os principuios de segurança na sua utilização.

 

Modo de trabalho

Presencial

Programa

Razões para automatizar na indústria aeronáutica; exemplos.
Componentes para automação: sensores, actuadores e equipamentos de comando.
Pneumática: princípios de funcionamento; simbologia e esquemas; projecto e montagem de ciclos pneumáticos.
Descrição de sequências de funcionamento de automatismos.
Autómatos programáveis: componentes e funcionamento dos autómatos; interface dos autómatos programáveis com o seu ambiente; linguagens de programação; exercícios de programação em laboratório.
Robótica industrial: exemplos de aplicação; programação de robots industriais; integração com outros equipamentos circundantes.
Controlo contínuo para sistemas automáticos: estrutura de um sistema de controlo por realimentação e seus componentes; modelos de sistemas dinâmicos; noção de estabilidade e de erro de seguimento; controladores P, PI e PID; métodos de afinação dos parâmetros de controladores; exemplos de controladores industriais.

Bibliografia Obrigatória

João Caldas Pinto; Automação e Controlo Industrial, Lidel. ISBN: 972-8480-07-5

Bibliografia Complementar

Paulo Oliveira; Curso de Automação Industrial, ETEP/LIDEL, 2009. ISBN: 978-972-8480-21-9

Métodos de ensino e atividades de aprendizagem

Aulas teóricas e laboratoriais de Simulação com implementação de automatismos electropneumáticos , programação de autómatos e programação de robôs.
São utilizadas as plataformas de simulação FestoFluidsim e o software Microwin permitem reproduzir diferentes sistemas elétricos, pneumáticos, electropneumáticos e programáveis. E para a robótica os alunos utilizam os robôs manipuladores existentes nos laboratórios.

Software

Siemens Microwin 3.1
FESTO Fluidsim 4.2

Tipo de avaliação

Avaliação distribuída com exame final

Componentes de Avaliação

Designação Peso (%)
Teste 70,00
Trabalho laboratorial 30,00
Total: 100,00

Componentes de Ocupação

Designação Tempo (Horas)
Estudo autónomo 108,00
Frequência das aulas 30,00
Trabalho laboratorial 30,00
Total: 168,00

Obtenção de frequência

Realização de 2 testes e frequencia de pelo menos 75% aulas de laboratório.

Fórmula de cálculo da classificação final

A nota final (NF) é calculada considerando um peso de 70% para a nota da avaliação teórica (NT) e 30% para a nota de avaliação em laboratório (NL).
NF = 0,7*NT + 0,3NL;
É obrigatório que cada uma destas componentes tenha uma nota superior ou igual a 9,5 valores.
Recomendar Página Voltar ao Topo
Copyright 1996-2024 © Instituto Politécnico de Setúbal - Escola Superior de Tecnologia de Setúbal  I Termos e Condições  I Acessibilidade  I Índice A-Z
Página gerada em: 2024-07-21 às 05:18:16